Feitosa Costa

Últimas Notícias

Pré-votação de denúncia, Temer garante mais R$ 800 milhões em emendas

Valor empenhado em outubro é 314% maior que o liberado no mesmo período do ano passado

Pré-votação de denúncia, Temer garante mais R$ 800 milhões em emendas 
 Foto: Reuters

Prestes a passar pela segunda votação de denúncia na Câmara dos Deputados, o presidente Michel Temer continua generoso na liberação de emendas. Só em outubro, até o dia 18, mais R$ 800 milhões foram compromissados com iniciativas de bancadas, deputados e senadores.

O valor empenhado neste mês  é 314% maior do que o do mesmo período do ano passado - quando Temer liberou R$ 257,9 milhões do orçamento. No entanto, o montante ainda está muito abaixo dos reservados quando a primeira denúncia foi apreciada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, e estava sendo preparada para ser avaliada em plenário. As informações são da ONG Contas Abertas.

Em junho e julho, R$ 2 bilhões e R$ 2,4 bilhões, respectivamente, foram empenhados para os pleitos dos parlamentares. Nesses meses tramitou a primeira contra Temer na Câmara dos Deputados.

Com os valores recorde, aproximadamente R$ 6,4 bilhões já estão comprometidos para as emendas de parlamentares e bancadas.

Em setembro, mês em que começou a tramitar a segunda denúncia contra o presidente, o Planalto já mostrava que a estratégia se repetiria. Cerca de R$ 1 bilhão foram empenhados para as emendas parlamentares. O montante representa terceiro maior mês em valor de emendas neste ano e crescimento de mais de 400% em relação ao reservado no mês de agosto.

Em outubro

As bancadas parlamentares estaduais foram as mais beneficiadas pela articulação de Temer para barrar as denúncias. Ao todo, R$ 1,4 bilhão se destinaram às bancadas neste ano. Entre os partidos, PMDB, PT e PSDB estão no topo da lista de “generosidade” do presidente Michel Temer. Já entre os parlamentares, destacam-se os empenhos de emendas para Domingos Neto (PSD), com R$ 11,3 milhões, e, Arnon Bezerra (PTB), com R$ 11,2 milhões.



Fonte: Noticias ao Minuto 

COMENTE!

Robert Rios afirma existir dívida oculta nas contas do Estado

“Para mim, o pior dado dessa apresentação foi, certamente, a diminuição do custeio no Estado.

  
 Deputado Robert Rios (Foto: Reprodução)

Sabatinado pelos deputados na Assembleia Legislativa, o Secretário de Fazenda Rafael Fonteles foi questionado pelos deputados a respeito do não pagamento de prestadores de serviços no Estado. Segundo o deputado Robert Rios (PDT), existe uma dívida oculta que não consta nas tabelas do Estado.

“Para mim, o pior dado dessa apresentação foi, certamente, a diminuição do custeio no Estado. Se o custeio diminuiu é porque os serviços estão deixando de ser pagos, deixando de ser prestados. O que é horrível para o Piauí. Eu fiz uma pesquisa rápida aqui por telefone e soube que vários serviços e prestações de serviços não foram pagas, como várias oficinas e a, por exemplo, a empresa Ticket Car, que soma uma dívida de R$ 10 milhões. E isso não está dentro da planilha de custeio do Estado, pois não está sendo pago. Isso é calote, que agrava ainda mais a situação de crise pois o dinheiro não circula. E a minha pergunta é exatamente em cima disso: qual o estoque de dívida oculta com prestações de serviços do Estado?”, indagou o líder da oposição na Casa, deputado Robert Rios.

A mesma questão foi repedida pelo deputado Luciano Nunes (PSDB), que disse não aceitar mais a desculpa da crise para o não pagamento de serviços. “A desculpa para o aumento de impostos e não pagamento de serviços é sempre a crise. Mas houve um aumento de 11% da receita do Estado, o que significa 8% de aumento real com relação ao ano passado. E vem a questão das despesas, que reduziu o custeio em 0,26% nominal. As despesas que reduziram são liquidadas, contratadas, empenhadas e liquidadas. E as despesas ocultas, que foram contratadas, empenhadas e não liquidadas?”.

“A prestação de serviços essenciais não está atrasado, e isso nós estamos privilegiando. Mas os serviços não essenciais podem sim estar deixando de ser prestados. Sobre o caso da Ticket, nós herdamos uma dívida de R$ 15 milhões de reais, que hoje está bem menos. E a maior parte das dívidas do Estado dizem respeito das repactuações dos anos anteriores. E existe sim atrasos, o Governo reconhece, mas estamos trabalhando para diminuir esses pequenos atrasos. Mas repito, em serviços essenciais eu desconheço”, respondeu Rafael Fonteles.

Deficit Previdenciário – Outro ponto abordado foi a questão do pagamento de inativos do Estado. “Eu sempre reconheço o talento da equipe fazendária do Estado, mas não podemos ser ingênuos e acreditar na interpretação que nos é dada. O Secretário Rafael disse que servidores ativos cresceu 3% e o inativo cresceu 17%, e aí nos temos uma despesa de 20% juntando os dois. Mas isso é uma verdade aparente. Os 17% saíram da folha de ativos, o que não aumenta a folha”, disse o deputado Robert Rios.

“Com relação a questão de ativos e inativos, eu fiz questão de frisar isso. Realmente o número de inativos só cresceu 3% porque migrou de ativos para inativos, mas continua na folha. O problema é de ordem previdenciária, que termina afetando todos os outros serviços. Mas quem foi que colocou esses servidores, muitos deles sem concurso público no passado? Fica a pergunta”, respondeu o secretário de fazenda.

Aumento de Imposto – A Mensagem nº 40, enviada pelo Governo do Estado, que institui o Programa de Recuperação de Crédito Tributário no Estado do Piauí e o Decreto do governador Wellington Dias que suspende empenhos de pagamento a fornecedores e empresas que prestam serviço para o Estado também foram questionados pelos parlamentares. “O Governo do Estado aumentou impostos em 2015, 2016 e vai aumentar novamente esse ano e diz que tem diminuído o seu custeio. Mas cria indiscriminadamente novas secretarias e coordenadorias. E eu quero saber como essa conta é feita. Tem coordenadorias que não tem nem cadeira para sentar, o que significa um grande desserviço pro nosso Estado”, disse o deputado Robert Rios.

“Eu estou muito preocupado com a naturalidade com o que foi apresentados esse decreto suspendendo o pagamento de serviços no Estado. Isso deveria ser excepcional, e não corriqueiro. Isso desfaz toda a segurança jurídica do Estado do Piauí perante seus prestadores de serviço”, analisou Luciano Nunes.

“O Governo mandou pra cá aumento de imposto em 2015 e 2016, e realmente o maior é esse que estamos propondo esse ano e isso está acontecendo porque a situação se deteriorou e nós precisamos lançar mão disso. Ano passado nós apresentamos esse decrete em outubro, e esse é sempre feito em último caso, por isso é feito sempre no final do ano, que é quando o Estado tem pagar quatro folhas: a de outubro, novembro, dezembro e o décimo terceiro. E realmente todos os anos fazemos esse esforço para pagar o que é prioritário, que é a folha. O que queremos com esse decreto é dizer para todos os gestores que, o que está até empenhado, mas não foi fornecido e não foi dada a ordem de serviço e a ordem de fornecimento, não é para dar. Priorize, gestor, o que é prioritário, que está listado no anexo do decreto”, finalizou Rafael Fonteles.


Laryssa Saldanha  
Fonte: ALEPI 

 

COMENTE!

Ex-governador Sérgio Cabral é condenado a mais 13 anos de prisão

Com a sentença, peemedebista acumula 72 anos de detenção para cumprir

Ex-governador Sérgio Cabral é condenado a mais 13 anos de prisão 
 Foto: Shana Reis / Governo do RJ

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi condenado a mais 13 anos de prisão, pelo crime de lavagem de dinheiro, nesta sexta-feira (20), em desdobramento da Operação Lava Jato. As informações são do G1.

Com a sentença do juiz Marcelo Bretas, o peemedebista acumula 72 anos de detenção para cumprir, caso as penas sejam mantidas em instâncias superiores.

Também foram condenados os operadores Ary Ferreira da Costa Filho e Carlos Miranda.



Fonte: Noticias ao Minuto 

COMENTE!

Portaria sobre trabalho escravo gera polêmica

As declarações do ministro repercutiram na grande mídia nacional

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), analisou a portaria do Ministério do Trabalho que dificulta punição de trabalho escravo de forma simples e citando seu próprio exemplo de pessoa que realiza trabalho exaustivo, mas que não é escravo. Ele disse que não teve tempo de ler a portaria, mas considera o tema polêmico e importante, devendo ser debatido num perfil técnico, não ideologizado.

As declarações do ministro repercutiram na grande mídia nacional, talvez por causa do exemplo próprio que ele citou: “eu, por exemplo, acho que me submeto a um trabalho exaustivo, mas com prazer. Eu não acho que faço trabalho escravo. Eu já brinquei até no plenário do Supremo que, dependendo do critério e do fiscal, talvez ali na garagem do Supremo ou na garagem do TSE, alguém pudesse identificar, ‘Ah, condição de trabalho escravo!’. É preciso que haja condições objetivas e que esse tema não seja ideologizado”.

A verdade é que qualquer pessoa aceitaria o trabalho escravo, desde que fosse ganhando o que ganha o ministro. É claro que o trabalho exaustivo a que ele se refere não poderia ser, jamais, comparado a trabalho escravo, isso porque nenhum trabalhador escraviza a si mesmo. Onde há escravidão há o patrão fazendo o papel de senhor. No caso do ministro Gilmar Mendes não existe nenhum superior definindo quantas horas por dia ele deve trabalhar, pois ele é o presidente do TSE.

Já o presidente Michel Temer parece disposto a manter as alterações nas regras como um sinal de afago à bancada ruralista no Congresso Nacional em meio à articulação política para garantir uma votação favorável na segunda denúncia apresentada contra ele. É assim que a oposição vê o comportamento do presidente.

Viaduto e piso  

Resultado de imagem para Wellington Dias
 Governador Wellington Dias (Foto: Reprodução)

O governador Wellington Dias inaugurou o elevado da Avenida Miguel Rosa, mas o piso que fica em baixo está em péssimas condições. As duas coisas deviam ser uma só: conforto para quem vai por cima e para quem passa por baixo. Seja de quem for a responsabilidade pelo piso de baixo, se da Prefeitura ou do DNER, a verdade é que houve tempo suficiente para um recapeamento asfáltico.

W. Dias prega moderação

Ninguém tem o direito de achar que o governador Wellinagton Dias não é polido no trato com seus adversários. Ele trata os mais árduos adversários com fidalguia. Talvez por ser assim foi que o governador considerou errado um poder querer destruir o outro. Ele acha que esse é o quadro do Brasil atualmente, o que considera perigoso. Wellington Dias citou seu exemplo próprio no tratamento com o prefeito Firmino Filho. O governador deve reconhecer que seus adversários também são moderados.

Prestando contas  

Resultado de imagem para Teresinha Medeiros
Teresinha Medeiros (Foto: Reprodução)

Escreveu Teresinha Medeiros, no facebook: “quero informar aos amigos que por motivo de saúde, estou de atestado médico. Tive um problema e me submeti a uma cirurgia de urgência, que foi realizada na quarta-feira (11), da semana passada. Neste momento encontro-me em processo de recuperação. Informo a todos os amigos, que assim que o médico me liberar, estarei de volta as sessões na Câmara Municipal de Teresina, com força e disposição para atuar e fiscalizar os processos de melhoria para nossa cidade. Aos que estão me mandando mensagens, agradeço o carinho que estou recebendo. Agora estou bem e voltarei em breve às atividades”.

Más notícias

O portal G1, do O Globo, dá destaque a mais um acontecimento desagradável ocorrido no Piauí. Segue a informação: “um homem identificado como Luís Alves da Silva Filho é suspeito de matar seu próprio irmão a pauladas próximo ao município de Demerval Lobão a 30 km de Teresina. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (19). Segundo a polícia, a família ajudou a localizar e prender o suspeito. De acordo com o capitão Fernando Lima, da Companhia Independente do Promorar, a motivação para o crime ainda não foi informada para a polícia. “A informação que nós temos é que ele é doente mental e que matou o irmão com um pedaço de pau", informou o capitão Lima. A fonte do G1 é a TV Clube, que noticia também fatos importantes.

Vaquinhas do PT

Quando ainda não era poder, o Partido dos Trabalhadores realizava rifas, bingos, vendas de camisetas e jantares para arrecadar recursos. Depois vieram os tempos de “vacas gordas”, em que não faltava dinheiro. O partido se manteve assim até o momento, mas agora resolveu fazer “vaquinhas” para custear as andanças do ex-presidente Lula. A nova estratégia será fazer pedidos focados em grandes temas.

PV em destaque

O Partido Verde foi destaque na mídia, nesta sexta-feira (20), quando o ex-candidato a presidente, Eduardo Jorge, foi entrevistado na TV Cidade Verde. Ele disse que a atual bancada federal na Câmara é a pior desde a redemocratização do país. Cotado para ser candidato novamente a presidente em 2018, Eduardo Jorge disse que a campanha de 2014 estava centrada em três figuras: Marina, Aécio e Dilma e que em 2018 a campanha será aberta e de alto risco para o Brasil. Eduardo Jorge está em Teresina para ser um dos palestrantes do Seminário de Formação de Liderança na Área de Política do Meio Ambiente, que acontece hoje a partir das 8 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Teresina.

Temer precavido  

Resultado de imagem para Temer
 Presidente Temer (Foto: Reprodução)

O presidente Temer exonerou 10 ministros, para que eles voltem à Câmara e votem na quarta-feira contra a denúncia contra o presidente da República. Todos eles devem ser renomeados para o primeiro escalão após a votação no plenário da Câmara. Significa que Temer está preocupado. Veja os nomes dos exonerados: Antonio Imbassahy - Secretaria de Governo, Bruno Cavalcanti de Araújo - Ministro das Cidades, Fernando Bezerra Filho - Minas e Energia, Leonardo Picciani - Ministro do Esporte, Marx Beltrão - Ministro do Turismo, Maurício Quintella Lessa - Ministro dos Transportes, Mendonça Filho - Ministro da Educação, Raul Jungmann - Defesa -  Ronaldo Nogueira - Ministro do Trabalho, e Sarney Filho - Ministro do Meio Ambiente

O humor de cada dia

Cliente de um só braço se senta na cadeira do barbeiro e pede que o mesmo lhe tire a barba e corte o cabelo. Na operação o barbeiro acabou dando vários cortes no rosto e na cabeça do “maneta”, que resistiu a tudo sem reclamar. Livre para ir embora, mas ainda sangrando pelos cortes que sofreu, o cliente pagou a despesa e se preparou para sair. Foi aí que o barbeiro se dirigiu a ele com esta indagação: “eu acho que você já esteve aqui em outra ocasião”. E o cliente responde: “não senhor. Este  braço eu perdi em uma acidente de carro”

COMENTE!

Alckmin diz que se prepara para concorrer à Presidência da República

"Essa decisão não é pessoal, é coletiva", afirmou o governador de São Paulo

Alckmin diz que se prepara para concorrer à Presidência da República 
 Foto: Sergio Dutti/A2img

Faltando um ano para as eleições de 2018, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que se prepara para concorrer à Presidência da República, embora a decisão sobre a escolha dos candidatos dentro do partido ainda não tenha sido tomada. Nos bastidores do PSDB, Alckmin disputa a indicação com o afilhado político João Doria, prefeito de São Paulo.  

"Essa decisão (de candidatura à presidência) não é pessoal, é coletiva. Ela ocorrerá mais para frente", disse Alckmin, nesta sexta-feira, 20. "Agora, eu me preparo. Acho que é importante a gente estar preparado para servir ao Brasil", completou, durante entrevista à imprensa após participar da cerimônia de abertura do segundo feirão de imóveis "Morar Bem, Viver Melhor", na zona sul da capital paulista.

O governador avaliou que o País vive um momento considerado crítico, que pode trilhar em direção ao "populismo fiscal irresponsável" ou ao "crescimento sustentável, com geração de emprego e de renda", conforme suas palavras. "O mundo que cresce tem política fiscal rigorosa, política monetária com juros baixo e câmbio competitivo", emendou.

Aécio Neves

Questionado sobre os principais assuntos que têm gerado turbulências políticas em Brasília, Alckmin evitou emitir opiniões pessoais. No caso da permanência do senador Aécio Neves como presidente do PSDB, ele disse apenas que o momento é de esperar a posição do parlamentar. "O Aécio já se afastou (da liderança do partido). Vamos aguardar o Aécio, que ficou de tomar posição nos próximos dias", disse Alckmin.

Temer

Perguntado também se o PSDB deve orientar os membros do partido a rejeitar, durante votação na Câmara, a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer, Alckmin frisou que essa decisão cabe aos próprios parlamentares. "Não interferi na discussão da primeira denúncia e não vou interferir na segunda. Os deputados federais têm responsabilidade, juízo próprio, conhecimento do processo e estão plenamente capacitados para poder votar", disse.



Fonte: Estadão Conteúdo 

COMENTE!

Assis Carvalho diz a Ciro que prefere Margarete como vice

O deputado petista revelou ainda preferencia por candidatura de Regina ao Senado

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, deputado federal Assis Carvalho, revelou no facebook ter se encontrado com o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, e manifestado a sua preferencia pessoal pela permanência de Margarete Coelho, atual vice-governadora, na mesma posição na chapa de reeleição do governador Wellington Dias.


Encontro em Brasilia

O encontro de Assis com Ciro Nogueira foi em Brasilia e os dois posaram para fotografia logo em seguida divulgada nas redes sociais.

Troca de "gentilezas"

Assis Carvalho e Ciro Nogueira andaram trocando "gentilezas" pelas redes sociais há cerca de dois meses mas parece que algo significativo os reaproximou.

Distanciamento

Ao mesmo tempo em que se reaproxima de Ciro Nogueira, o deputado federal Assis Carvalho parece se distanciar do deputado estadual Themístocles Filho, presidente da Assembléia Legislativa e nome dado como certo na chapa de Wellington Dias como candidato a vice.

Projetos e demandas

Assis Carvalho revela ainda no facebook que tratou com Ciro Nogueira de projetos e "demandas para o Piauí" e só depois teve uma conversa sobre a eleição de 2018.

Quarta-feira

O encontro de Assis Carvalho com Ciro Nogueira foi nesta quarta-feira e pela fotografia publicada parece ter sido em clima completamente diferente de manifestações anteriores quando o presidente do PT do Piauí rotulava os integrantes do PP de "golpistas".

Dia do Piauí

A Câmara Federal realizou nesta quarta-feira uma sessão especial em homenagem do dia do Piauí. A proposição foi do deputado federal Assis Carvalho, que destacou a bravura do povo piauiense e as suas belezas naturais.


Mão ligeira

Parlamentares têm feito rodas para comentar supostas proezas de um "mão ligeira" que estaria circulando com grande desenvoltura em certos círculos do poder.

Carreira RH

Dona Lívia, da Carreira RH, segundo altos funcionários públicos, anda sorrindo pelos quatro cantos da capital mas ninguém sabe dizer exatamente por que tanta felicidade.

COMENTE!

PF combate pornografia infantil na internet

Operação Trojan foi deflagrada nesta quarta feira

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (18/10) a Operação Trojan, com o objetivo de identificar e desarticular um grupo criminoso responsável pelo armazenamento e distribuição na internet de arquivos digitais contendo cenas de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Trata-se de operação coordenada com a Força-Tarefa Internacional de Combate a Crimes Contra Crianças, do FBI.

Policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão, na capital fluminense (Santa Cruz e Pedra de Guaratiba) e no município de São João de Meriti/RJ. O material apreendido será encaminhado à perícia para a identificação dos envolvidos na troca de fotografias e vídeos, assim como das vítimas dos abusos.

As investigações da Polícia Federal iniciaram em abril de 2017 e apontaram que os investigados compartilhavam o material em redes de troca de arquivo conhecidas como “peer-to-peer”.

PF combate divulgação de pornografia infantil pela internet no RJ


Fonte: PF

COMENTE!

PF prende mulher que levava drogas para Angola

A suspeita tem 24 anos e ficou nervosa ao ser interrogada

A Polícia Federal prendeu, na noite desta terça-feira (17), uma mulher tentando embarcar com drogas ocultas no corpo, no aeroporto de Guarulhos.

A mulher, sul-africana, 24 anos de idade, foi abordada, para entrevista, por policiais federais na fila do check-in de voo com destino a Luanda, cidade de Angola. Ao ser entrevistada ela ficou muito nervosa e não soube explicar os reais motivos de sua visita ao Brasil.

Conduzida a uma sala reservada a mulher foi revistada por policiais femininas e teve suas bagagens vistoriadas. Com ela, dentro das peças íntimas e também introduzidos no corpo, foram localizados seis volumes contendo um pó semelhante a cocaína. Na delegacia, os exames periciais preliminares confirmaram que a substância, encontrada com a passageira, era cocaína, cujo peso bruto somou cerca de dois quilos.

A mulher foi presa em flagrante e será conduzida ao presídio feminino da capital onde permanecerá à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PF prende mulher que tentava levar drogas para Angola


Fonte: PF

COMENTE!

PF prende casal por estelionato contra a Caixa

Uma instituição religiosa seria utilizada no golpe

A Polícia Federal prendeu nesta manhã (19) um homem e uma mulher no momento em que praticavam o crime de estelionato contra a Caixa Econômica Federal. A ação se deu após o levantamento de informações de que presos utilizariam documentos falsos para realizar saque de R$ 300 mil depositados em conta bancária aberta em nome de uma instituição religiosa. A mulher foi presa ainda no interior da agência bancária, logo após assinar os documentos necessários à realização do saque. O homem, que tentou fugir durante a abordagem policial, foi alcançado e preso a poucos metros do local. O envolvimento de um terceiro indivíduo está sendo investigado.

PF prende dois em flagrante por estelionato contra a Caixa



Fonte: PF

COMENTE!

Definido calendário de tramitação do Orçamento na Alepi

Comissão de Finanças estabelece as datas para apreciação da proposta

Resultado de imagem para luciano nunes e severo eulalio 
 Foto: Reprodução

A Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação aprovou na reunião de hoje (18), sob a presidência do deputado Severo Eulálio (PMDB), dois Projetos de Lei e o calendário de tramitação da Lei Orçamentária do Estado de 2018. Uma das proposições aprovadas foi a Mensagem 46/2017 do Poder Executivo que cria o Fundo Especial de Participações do Piauí (Fupar) com base em parecer favorável apresentado pelo deputado Cícero Magalhães (PT). 

O cronograma do Orçamento de 2018 na Comissão de Finanças estabelece as seguintes datas: 

- 18 de outubro: apresentação do cronograma de datas para tramitação do Orçamento; 

- 8 de novembro: audiência pública: 

- 24 de novembro: parzo para emendas individuais dos deputados; 

- 13 de dezembro: apresentação do relatório à Comissão; e 

-22 de dezembro: fim do prazo regimental para votação do Orçamento em plenário. 

De acordo com a proposição do Executivo, o Fupar garantirá a participação acionária do Governo em empreendimentos empresariais que serão instalados no Estado, visando a geração de emprego e renda e o desenvolvimento econômico e social do Piauí. 

O deputado Rubem Martins (PSB) apresentou parecer favorável ao Projeto de Lei 23/17 do deputado Robert Rios (PDT) que obriga o Governo do Estado a divulgar as despesas realizadas devido a condenações trabalhistas e previdenciárias. De acordo com a proposição, que seguirá agora para apreciação pelo plenário, a divulgação deverá ser feita através do Portal da Transparência no site do Poder Executivo. 

O PLOE/2018 terá de ser aprovado até o final do mês de dezembro para que a Assembleia entre de recesso. Severo Eulálio informou que cópias do calendário de tramitação da Lei Orçamentária serão distribuídas com todos os parlamentares que deverão apresentar emendas à proposição.  



Fonte: ALEPI 


COMENTE!

PSDB nega acordo com Temer para salvar Aécio

Partido alega, em texto enviado à imprensaque posição da bancada deve-se "exclusivamente à nossa convicção de que todo e qualquer cidadão tem direito a ampla defesa"

PSDB nega acordo com Temer para salvar Aécio 
 Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O PSDB divulgou nota, nesta quarta-feira (18), negando ter feito acordo com o presidente Michel Temer para derrubar o afastamento do senador Aécio Neves, imposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A Corte ainda determinou o recolhimento domiciliar noturno do mineiro.

As ordens, no entanto, foram derrubadas pelo senadores, em plenário, na noite de ontem (17). Foram 44 votos contra e 26 a favor das medidas cautelares impostas pela Primeira Turma do Supremo. Houve ainda 9 ausências, sem contar o próprio Aécio, que não podia votar. A Constituição exige que a decisão seja tomada por maioria absoluta, pelo menos 41 votos.

Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), o tucano pediu e recebeu R$ 2 milhões da JBS como propina. O órgão afirma também que Aécio atuou em conjunto com o presidente Michel Temer para impedir o andamento da Lava Jato.

Segundo a executiva da legenda, a posição da bancada deve-se "exclusivamente à nossa convicção de que todo e qualquer cidadão tem direito a ampla defesa".

Confira o texto na íntegra:

A posição da bancada do PSDB do Senado Federal , na votação sobre as medidas cautelares aplicadas pela Primeira Turma do STF contra o senador Aécio Neves, deve-se única e exclusivamente à nossa convicção de que todo e qualquer cidadão tem direito à ampla defesa e ao contraditório, princípios básicos do Estado Democrático de Direito.

Nossa decisão não implica de forma nenhuma em um juízo de valor sobre as atitudes do senador Aécio e muito menos pode ser entendida como parte de qualquer acordo relacionado à votação da denúncia contra o presidente da República na Câmara dos Deputados.

O PSDB reafirma seu compromisso contra a impunidade, defendendo a ampla investigação de toda e qualquer denúncia devidamente fundamentada contra quem quer que seja, inclusive membros do partido, assegurados todos os direitos e garantias processuais, corolários da igualdade de todos perante a lei.



Fonte: Noticias ao Minuto 

COMENTE!

Audiência vai debater o Plamta

O parlamentar pedetista pediu ainda que seja encaminhada ao poder relação com os nomes de beneficiários e valores não pagos.

Os debates sobre o Plamta na Assembleia começaram tímidos, mas acabaram ganhando força com um pedido e audiência pública apresentado pelos deputados Luciano Nunes, Rubem Martins, Robert Rios e Gustavo Neiva. O debate agora será amplo e o governo terá que justificar a falta de recursos para pagar o Plamta às clínicas que suspenderam o atendimento.

O Plamta foi criado pelo governador Hugo Napoleão e pode ser considerado um dos mais importantes planos de saúde do país. Ele nunca tinha sido interrompido, mas agora deixa de ser a salvação de quem necessita de uma cirurgia. A audiência pública aprovada na Assembleia ainda não tem data para acontecer, mas representa uma esperança de que o governo acerte as contas com os hospitais.

Os requerentes da audiência informaram no requerimento que a mesma discutirá como se encontra o pagamento dos hospitais e clínicas credenciados pelo Iaspi (Instituto de Assistência à Saúde do Piauí) para atender os milhares de segurados do Plamta.

O deputado Robert Rios teve aprovado ainda requerimento em que solicita à presidente do Iaspi, Danielle Aita, informações sobre pagamentos não efetuados aos fornecedores, servidores terceirizados e prestadores de serviços do órgão. O parlamentar pedetista pediu ainda que seja encaminhada ao poder relação com os nomes de beneficiários e valores não pagos.

Mais uma vítima da violência

Vigilante noturno é morto enquanto trabalhava na zona Sul
 Rubens Pimentel (Foto: Reprodução)

A sociedade está se acostumando aos assassinatos que ocorrem quase que diariamente em Teresina. Quem compra um jornal, liga uma rádio ou acessa um portal de notícias já vai em busca da manchete. Sonhar com uma solução ninguém sonha mais. O governo federal cruza os braços para o problema. Há menos de 24 horas de um assassinato bárbaro contra um funcionário da Vikstar, é morto um vigilante que estava de serviço. Rubens Pimentel, a vítima, era natural de São Paulo e morava no bairro Promorar. A vida de mais essa vítima teve o preço apenas de um celular.

Governador defende o filho

Resultado de imagem para Governador wellington dias
 Governador Wellington Dias (Foto: Reprodução)

O governador Wellington Dias vai recorrer da decisão do juiz da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda, João Gabriel Furtado Batista, que condenou seu filho Vinícius a devolver dinheiro público utilizado em frete de avião e hospedagem. Em nota aos meios de comunicação o governador alegou que a despesa foi legal. O problema é que nesses casos fica sempre a mancha no condenado.

PSDB calado

A bancada do PSDB na Assembleia não fez qualquer pronunciamento sobre a decisão do Senado que restabeleceu o mandato do senador Aécio Neves. Também o PT silenciou sobre o assunto. Enquanto isso, a mídia nacional contrária aos tucanos despejou veneno na farofa dos que comemoraram a vitória de Aécio. O portal brasil247 acusou o presidente Temer de ter liberado R$ 200 milhões em emendas para salvar o mandato de Aécio. A fonte da informação foi o jornalista Josias de Souza, colunista do Uol.

A força dos investigados

Segundo noticiou o site da Veja, dos 44 senadores que votaram para derrubar as medidas cautelares impostas ao tucano Aécio Neves (MG), ao menos 19 (43,2%) são alvo da Operação Lava Jato. A maior parte deles (10) é do PMDB, partido que mais deu votos a favor do senador mineiro – foram 18 no total. Apenas dois senadores do PMDB votaram por manter a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou e determinou o recolhimento noturno de Aécio. Foram contrários ao tucano Kátia Abreu (PMDB-TO), também alvo da Lava Jato, e Roberto Requião (PMDB-PR).

Proibição

Limite prudencial. Essa é a situação em que se encontra o Estado do Piauí para não conceder reajusta ao funcionalismo e nem nomear concursados. O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, tratou do assunto em audiência na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia De acordo com o relatório fiscal apresentado pelo secretário, o governo atingiu o total de 46,7% com despesas de pessoal. O Limite Prudencial delimitado pela LRF é de 46,55. Portanto já foi ultrapassado. Além disso, Rafael Fonteles afirmou que o custeio da máquina pública do governo do Estado teve uma redução de 6% no último quadrimestre de 2017.

A teimosia de Lula  

Resultado de imagem para Lula
 Ex-presidente Lula (Foto: Reprodução)

Houve uma época em que se uma pessoa mandasse outra criar vergonha enfrentaria enormes dificuldades. Hoje nada acontece, ainda que o provocador esteja sendo investigado, inclusive já com prisão decretada. O ex-presidente Lula disse em entrevista a uma emissora de rádio de Belo Horizonte, na manhã de hoje (18), referindo-se a órgãos que o investigam: “espero que eles tenham vergonha e peçam desculpas à sociedade brasileira pelo estrago". O estrago a que ele se referiu seria na economia. Lula está em Minas para repetir as pregações que fez no Nordeste.

Feriados

Estamos iniciando mais um longo feriado de quatro dias, considerando-se que o governo do Estado venha a decretar ponto facultativo na sexta-feira. A melhor recomendação que se pode fazer é para que as pessoas não se excedam nas comemorações. Viagens são uma porta aberta para acidentes. Bebedeiras nunca terminam bem. A melhor receita para os que vão ficar em casa é a leitura.

O humor de cada dia

A mãe pede ao filho para ligar para o celular do pai avisando a hora do jantar.

- E aí, meu filho, o que ele disse?

- Mãe, já liguei 3 vezes e sempre quem atende é uma mulher.

- Deixa aquele safado! Ele vai ver quando chegar em casa...

Mal o pai aparece na frente da casa, ela parte pra cima dele,  dá a maior surra no marido.

Os vizinhos se aproximam pra ver o que está acontecendo.

Ela gritando como louca:

- Safado, cafajeste, vagabundo!!! Venha cá meu Filho. Fale pra todo mundo o que aquela mulher falou para você ao telefone.

O Filho, diz :

- Ah Mamãe , ela disse  "O número para o qual você ligou encontra-se desligado ou fora de área.

COMENTE!

PRF deflagra Operação Dia do Piauí e intensifica fiscalizações nas BRs

A operação acontece do dia 18 a 22 de outubro

PRF 
 Foto: Reprodução PRF

A Polícia Rodoviária Federal – PRF, deflagrou nesta terça-feira (19), a Operação Dia do Piauí 2017. A operação acontece até o dia 22 de outubro e tem o objetivo de priorizar ações preventivas para redução da violência do trânsito. 

Segundo o inspetor Barros, também serão realizadas fiscalizações de velocidade, embriaguez, motocicletas, ultrapassagens forçadas ou proibidas. 

A Divulgação dos resultados preliminares ocorrerá às 10:00 do dia 23 de outubro.  


Fonte: PRF 


COMENTE!

Pistoleiro acusado de matar estudantes de medicina vem para Teresina

O pistoleiro também é acusado de matar o fazendário Antônio Gernásio de Alencar

Descoberto e preso em São Luis no inicio desta semana, o pistoleiro Marcus Vinicius Feitosa de Castro, de 40 anos, deve chegar a Teresina dentro das próximas horas. Ele foi preso em São Luis, a capital do Maranhão,  depois de uma investigação em conjunto entre as policias do Piauí e a do vizinho Estado. Vinicius é acusado de pelo menos três crimes, entre eles o dos estudantes de medicina filhos do então prefeito de Fronteiras, no Piauí.

Marcus Vinícius Feitosa de Castro

Marcus Vinicius Feitosa de Castro   (Foto: Reprodução)


Caso dos estudantes

Os estudantes de medicina Marcio Aires de Sousa e José Marcelo Aires de Sousa foram assassinados em abril de 2004, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, quando chegavam à faculdade.

Marcio Aires de Sousa e José Marcelo Aires de Sousa     (Foto:Reprodução)


Escondidos

Poucos familiares sabiam que os dois estudantes estavam em Nova Iguaçu. Era questão de segurança dos dois porque estavam jurado de morte supostamente pela família adversária de seu pai, Dr.Marcelo, em Fronteiras.

Descoberta

A localização dos dois rapazes teria sido conseguida pelos mandantes do crime depois de algum tempo. Marcus Vinicius teria sido contratado para executar o crime.

Sem chances

Os dois rapazes não tiveram a menor chance de defesa. Eles estavam chegando à faculdade quando foram atacados. Um deles ainda tentou correr mas foi alcançado pelo pistoleiro.

Supremo liberou

O delegado Francisco Carlos do Bonfim Filho comandou as investigações e conseguiu colocar Marcus Vinicius Feitosa de Castro na cadeia em 2006 mas em setembro de 2011 a primeira turma do Supremo Tribunal Federal lhe concedeu "habeas-corpus".

Fazendário

Sobre os ombros do pistoleiro Marcus Vinicius Feitosa pesa também a acusação de ter assassinado o fazendário Antônio Gernásio de Alencar quando este deixava os filhos no colégio em Teresina.

Delegado Bonfim

Por ter comandado as investigações que desmontaram um grupo de pistolagem na região de Fronteiras, o delegado Francisco Carlos do Bonfim Filho, passou a figurar numa lista de pessoas que seriam assassinadas pela organização.

Mortes que abalaram 

As mortes dos dois estudantes de medicina abalaram o estado do Piauí. O crime foi cometido por encomenda e por vingança, não há dúvidas.

Pai morreu logo depois

O médico José Aquiles Filho, então ex-prefeito de Fronteiras conhecido como "Dr.Marcelo", que perdera os filhos em 2004, morreu cerca de um ano depois de causas  naturais.

Região do medo e da vingança

Fronteiras sempre esteve no centro de uma região onde imperava o medo e a vingança, um território de ferrenhas disputas politicas que sempre escorregaram para a violência e o emprego de pistoleiros. Muitos tombaram por causa das brigas familiares.

COMENTE!

Maranhão vota a favor de Aécio Neves

João Alberto, Edson Lobão e Roberto Rocha deram apoio ao senador mineiro

A bancada do Maranhão no Senado, integrada pelos senadores João Alberto, Edson Lobão e Roberto Rocha votou  unida pela permanência do Senador Aécio Neves no Senado da República, na sessão desta terça-feira, dia 17. Roberto Rocha é do PSB mas deve se transferir para o PSDB, partido pelo qual deve ser candidato a governador do Estado do Maranhão.

João Alberto e Edson Lobão são filiados ao PMDB. O primeiro é presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Roberto Rocha é filho do ex-governador do Maranhão, Luis Rocha. As famílias dos três são historicamente aliados do ex-presidente José Sarney, que também ajudou Aécio nas articulações para derrubar a decisão do Supremo Tribunal que havia determinado o seu afastamento do Senado e o seu recolhimento noturno.


COMENTE!