Feitosa Costa

Átila e Heráclito só ficam no PSB se partido não radicalizar contra Temer

Átila e Heráclito só ficam no PSB se partido não radicalizar contra Temer

Os deputados federais piauienses Heráclito de Sousa Fortes e Átila Freitas Lira, ambos do PSB, só ficarão no partido se a direção nacional não radicalizar contra o presidente Michel Temer e contra as reformas que ainda serão colocadas em votação pelo Congresso Nacional, como a da previdência, considerada a mais traumática para aprovação.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Átila e Heráclito

Caso a direção nacional do PSB, na sua grande maioria formada por pessoas "sem votos", decida fechar questão em torno do voto contrário da reforma da previdência, por exemplo, os dois deputados piauienses tendem a contrariar a orientação. Neste caso, uma das punições seria a expulsão, o que é visto com naturalidade pelos dois parlamentares.

EXCLUSIVAS

Amigo de Temer

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoMichel Temer

Heráclito Fortes é amigo pessoal de Michel Temer desde o tempo de Ulisses Guimarães e Tancredo Neves. Há cerca de 10 dias, para se ter uma ideia, o presidente deixou o Palácio e foi almoçar com várias pessoas na residência do parlamentar piauiense.

Eduardo presente

Nesse almoço estava presente o advogado piauiense José Eduardo Pereira Filho, vice-presidente do Banco do Brasil indicado por Heráclito Fortes.

Caminhos em vista

No caso de sair do PSB, Heráclito Fortes tem vários caminhos a escolher. A decisão, porém, está praticamente tomada e será revelada por este repórter nos primeiros dias de agosto. Será surpreendente.

Átila vai para o PSDB

O deputado federal Átila Lira está com o caminho muito bem pavimentado para ingressar no PSDB, a convite de várias lideranças nacionais.

Lira insatisfeito

  • Foto: Lucas Dias/GP1Antônio José Lira

Por falar em Átila Lira, quem não anda muito satisfeito com o prefeito Firmino Filho é o ex-vereador Antônio José Lira, hoje combativo radialista.

Emocionado

  • Foto: Câmara FederalHugo Napoleão

Hugo Napoleão se emocionou, ontem (19), durante entrevista na Bancada Piauí da TV Antena 10, quando lembrou visitas feitas a Juscelino Kubistchek durante prisão domiciliar no Rio de Janeiro.

Advogado de grande homem

Hugo Napoleão, ainda muito jovem, foi advogado de confiança de Juscelino Kubistchek nos tempos em que o regime militar perseguia aquele que foi o maior presidente do Brasil.

Desperdício

Preparado intelectualmente, amigo dos amigos e com pensamento voltado para o desenvolvimento econômico e social do país, é um desperdício Hugo Napoleão ficar fora da política.

Grandes mudanças

Agosto será um mês de grandes mudanças no cenário político. Fique atento por que este repórter está acompanhando as articulações e revelará com riqueza de detalhes.


COMENTE!